Simone Biles faz história com triplo-duplo mortal: “Yes, she can!

A ginasta norte-americana conseguiu este domingo realizar um movimento nunca antes feito por uma mulher: um triplo twist com duplo mortal no exercício de solo. E a recepção desta vez foi perfeita.

,Ginástica artística
Fotogaleria
Reuters/Denny Medley
Fotogaleria
Reuters/Jay Biggerstaff
Fotogaleria
Reuters/Jay Biggerstaff
Fotogaleria
Reuters/Denny Medley
Cofre
Fotogaleria
Reuters/Denny Medley
Fotogaleria
Reuters/Denny Medley
Simone Biles
Fotogaleria
Reuters/Denny Medley

Tem de se ver em câmara lenta para contar as vezes em que Simone Biles roda no ar. A campeã olímpica conquistou ontem o sexto título de campeã dos Estados Unidos da América com um movimento nunca antes feito por uma mulher: um triplo twist com duplo mortal à rectaguarda no exercício de solo.

Foi colocado um tapete extra por segurança, mas desta vez a recepção de Biles foi perfeita. A ginasta norte-americana já tinha tentado este salto uma vez, mas não conseguiu uma boa chegada ao solo. Agora, tudo correu bem. E a reacção foi esta:

A ginasta, que estava obviamente feliz, disse que não resistiu e ainda durante a competição foi ver as imagens do que tinha acabado de conseguir. “Não queria ser a última a ver!”, confessou.

São “apenas" seis segundos de voo que vale a pena ver em super slow motion:

Tudo isto aconteceu depois de um outro momento inédito. No exercício de trave, Simone Biles fez uma saída perfeita com duplo mortal e dupla pirueta, algo que nunca ninguém, homem ou mulher, tinha feito antes.