Moukoko, uma criança de 14 anos a “chocar” o futebol

Golos em “doses” inexplicáveis, dúvidas sobre a idade e milhões a chegarem dos patrocinadores: a vida do jovem ponta-de-lança já é toda uma questão de números.

,Setor Juvenil Borussia Dortmund
Foto
Moukoko joga no Borussia Dortmund DR

Chama-se Youssouf Moukoko e é, aos 14 anos, o jovem mais falado do futebol alemão. Aos 12 – e imune às polémicas acerca da idade real –, foi internacional sub-16 pela Alemanha, já espantava nos sub-17 do Borussia Dortmund e foi ele quem guiou a equipa ao título (46 golos em 25 jogos), superiorizando-se a rapazes que já tiravam a carta de condução. Neste fim-de-semana, o ponta-de-lança estreou-se pelos sub-19 com... seis golos.

Moukoko pode tornar-se, em breve, o caso mais inusitado de talento precoce na história do futebol europeu, destacando-se entre jovens bem mais velhos do que ele. O canhoto, nascido nos Camarões, em 2004, chegou à Alemanha com dez anos e começou por jogar no St. Pauli, clube dos arredores de Hamburgo. Do norte do país para a zona oeste foi um pulinho e Moukoko trocou o rácio absurdo de golos, no St. Pauli, por um rácio igualmente bizarro, no Borussia Dortmund: na última temporada, foram quase 50 golos por parte de um rapaz que sabe o que quer. “O meu objectivo é tornar-me profissional, em Dortmund, ganhar a Liga dos Campeões, com o Borussia, e conquistar a Bola de Ouro”, confessou ao Sport Bild.

Com Moukoko vêm os golos, mas também as polémicas. Nascido em Yaoundé, carrega consigo o fardo de tantos outros talentos precoces oriundos de África: o estigma da idade falsa. A esse respeito, Timo Preus, treinador dos sub-23 do Borussia, chegou a dizer: “Pode ser que ele [Moukoko] seja um ou dois anos mais velho (…), mas não o podemos culpar em nada, o miúdo não quer enganar ninguém”.

As declarações polémicas do treinador alemão foram, prontamente, corrigidas por Lars Ricken, histórico jogador e agora coordenador da formação do clube. “Ele tem mesmo 12 anos. É um facto e não há dúvida acerca disso”, atestou, à data.

Joseph Moukoko, pai de Youssoufa, garante que o filho tem mesmo 14 anos, ainda que recuse submetê-lo a testes de confirmação da idade. “Logo após o nascimento, registei-o no consulado alemão em Yaoundé [Camarões]. O rapaz não poderia ser mais velho, até porque a mãe, Marie, só tem 28 anos”, garantiu o progenitor, de… 66 anos.

Imune a todas as polémicas continua Moukoko que, com este impacto, já faz mexer milhões. Segundo alguma imprensa alemã, o jovem já foi apanhado na rede da Nike e terá assinado um contrato de patrocínio com a marca desportiva, a troco de qualquer coisa como dez milhões de euros: um milhão imediato, que fará de Moukoko uma criança milionária, e nove milhões no futuro, conforme a evolução da carreira do jogador.

Apesar de o Borussia não ter abordado ou confirmado o acordo, o certo é que, se não for agora, Moukoko não deverá demorar muito mais a receber uma larga maquia de patrocínio, tal é o impacto que o avançado está a ter no futebol alemão.

Golos em grande quantidade, dúvidas sobre a idade e milhões a chegarem da Nike: a vida de Moukoko já é toda uma questão de números.